O HOMEM QUE DECIDIU PARAR

O HOMEM QUE DECIDIU PARAR

Era a quarta vez, em menos de quarenta e dois minutos, que ele cruzava a linha do gol para apanhar a bola nos fundos das redes. Na primeira, logo aos oito, depois de pegá-la com tanta raiva que suas unhas quase ficaram cravadas na indefesa e indefensável bola,...
Manifesto pelo Kicker no soccer de todo o mundo

Manifesto pelo Kicker no soccer de todo o mundo

Acompanhar a NFL tem sido uma grande diversão. Confesso que não gostava muito e até desdenhava um pouco dos amontoados jogadores de futebol com a mão. Levei um tempo para entender as regras do jogo e as estratégias aplicadas para se vencer uma partida. Por exemplo: O...

EPIFANIAS DA SEMANA: GANDHI, OBAMA, DILMA E ACIOLI

EPIFANIAS DA SEMANA: GANDHI, OBAMA, DILMA E ACIOLI   Sempre achei que o conflito Índia-Paquistão fosse milenar, calcado em ódios recíprocos de cunho não apenas religioso, mas também étnico e cultural. Eis que leio na edição da revista The New Yorker desta semana...
Reflexão sobre a Decadência

Reflexão sobre a Decadência

Debitar a decadência técnica e estética do nosso futebol na conta da inépcia dos nossos dirigentes é uma afronta à lógica e uma impertinência histórica. Nossos dirigentes sempre foram horrorosos, em todas as épocas, em todos os clubes, desde a primeira ata. Sempre...
O HOMEM QUE CONTAVA OS SEGUNDOS

O HOMEM QUE CONTAVA OS SEGUNDOS

Preso entre os dentes do juiz, o apito metálico tremia covardemente ao tentar se equilibrar no precipício labial em que se encontrava. A iminência do apito inicial parecia atrasar o próprio tempo. Lentamente, o punho esquerdo do árbitro se levantou, cerrado, e o...